Boletim semanal da dengue registra 1.584 novos casos - Mais FM 100.5.

O período epidemiológico, com início em agosto de 2020, soma 13.460 casos em todo o Estado.

O informe semanal da dengue publicado nesta terça-feira (4) pela Secretaria de Estado da Saúde registra 1.584 novos casos da doença. O período epidemiológico, com início em agosto de 2020, soma 13.460 casos em todo o Estado, distribuídos em 262 municípios.

Há 221 municípios que apresentam casos autóctones, confirmando que 11.837 pessoas se contaminaram nas cidades de residência. O Estado tem agora 65.263 notificações para a dengue – são 5.249 a mais que a semana anterior.

Catorze municípios apresentam casos de dengue grave e 31 casos de dengue com sinais de alarme.

“A Sesa segue apoiando os municípios no combate à dengue e reforçamos à população que a principal medida de prevenção para a doença é a eliminação dos pontos que podem acumular ou empoçar água, que podem se transformar em criadouros do mosquito transmissor, o Aedes aegypti”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

“Diante do cenário crítico da pandemia da Covid-19, precisamos evitar a presença de mais um agravante como a dengue, que pode ter sua principal causa evitada, acabando com os focos do mosquito nos ambientes domésticos”, disse a coordenadora de Vigilância Ambiental da secretaria estadual da Saúde, Ivana Belmonte.

O Aedes aegypti se prolifera quando a fêmea do mosquito deposita seus ovos em recipientes com água parada, como nos pratinhos de vasos de plantas, caixas d’água e reservatórios e destampados, garrafas plásticas, entre outros.

A coordenadora lembra que há poucos dias houve o anúncio do primeiro caso de co-infecção por Covid-19 e dengue, confirmado laboratorialmente no Estado, de um homem de 31 anos, morador do município de Ortigueira. “Ele está bem, conforme foi divulgado, em recuperação, mas fica o alerta a todos sobre as medidas de prevenção para a Covid-19, com o uso de máscara de proteção individual, higienização das mãos e distanciamento social, e para a dengue, com a eliminação dos focos de água parada”, destacou a Ivana.

Segundo dados da secretaria estadual de saúde, Campina da Lagoa tem um total de 685 casos confirmados de dengue, 1.001 notificações, e 14 casos em investigação.

 

Comentários