Veja os números de servidores públicos que receberam auxílio emergencial na região - Notícias Mais FM 100.5.

Os funcionários públicos municipais que receberem indevidamente o auxílio emergencial cometeram os crimes de estelionato e falsidade ideológica.

FONTE: TRIBUNA DA REGIÃO

Na quinta-feira, 28 de maio, o Tribunal de Contas do Estado do Paraná  divulgou que no estado 10.648 servidores, de 388 prefeituras do Paraná, receberam indevidamente o auxílio emergencial do governo federal em decorrência da pandemia da Covid-19. Em Campina da Lagoa o número de servidores investigados são 21. Confira os números no final da matéria.

Os funcionários públicos municipais que receberem indevidamente o auxílio emergencial de R$ 600 cometeram os crimes de estelionato e falsidade ideológica, de acordo com TCE-PR e terão que devolver o valor das parcelas recebidas e as que ainda receberão, caso isso não aconteça, correm riscos de perderem seus respectivos cargos.

Veja os números de servidores municipais investigados das cidades de: Goioerê, Rancho Alegre do Oeste, Quarto Centenário, Mariluz, Janiópolis, Goioerê, Cruzeiro do Oeste, Campina da Lagoa, Boa Esperança, Umuarama, Ubiratã e Tuneiras, .

Boa Esperança – 21

Campina da Lagoa – 21

Cruzeiro do Oeste – 49

Goioerê – 07

Janiópolis – 20

Mariluz – 22

Moreira Sales – 56

Mamborê – 06

Nova Cantu – 25

Quarto Centenário – 12

Rancho Alegre do Oeste – 16

Tuneiras do Oeste – 02

Ubiratã – 45

Umuarama – 47

Comentários