Pai acusado de matar filho de 4 anos dentro de máquina de lavar é absolvido.

Um pai acusado de matar o filho de 4 anos foi absolvido, nesta quinta-feira (20), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, pelo Tribunal do Júri.

Um pai acusado de matar o filho de 4 anos foi absolvido, nesta quinta-feira (20), em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná, pelo Tribunal do Júri. Esse foi o segundo júri de Rogério Paulino da Silva, de 43 anos. No primeiro, em 2017, ele foi condenado a 18 anos de prisão. No entanto, o julgamento foi anulado.

O caso aconteceu em dezembro de 2011. Na época, o filho, Níkolas Gabriel Paulino da Silva foi encontrado morto em uma máquina de lavar roupas. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Na mesma ocasião, um dos gatos de estimação do garoto também foi encontrado morto encharcado de água em um terreno em frente à casa da família. O pai de Níkolas contou à polícia, na época, que o filho era hiperativo e gostava de se esconder.

Na época, a Polícia e o Ministério Público sustentaram que o pai teria colocado o filho na máquina como castigo depois de ter encontrado o gato morto.

Comentários