Pai é preso suspeito de estuprar filha adolescente por seis anos em Londrina.

Além de estuprar, ele gravava vídeos dos atos sexuais e divulgava na internet.

Um pai foi preso por suspeita de estuprar a filha no Conjunto Maria Celina, em Londrina, no norte do Paraná, nesta quarta-feira (28). Segundo o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria), da Polícia Civil, o homem de 37 anos cometeu os crimes entre os 5 e 11 anos da menina.

Pai estuprava a filha e filmava

Conforme as investigações, o pai estuprava a filha e filmava os abusos para publicar na internet. Foi a própria vítima que fez a denúncia e, em depoimento, contou detalhes de como era abusada sexualmente pelo genitor.

Os estupros foram comprovados por exames feitos na menina. “Com base nesse relato, essa menor confirmou isso que teria acontecido, que teriam sido feitas as gravações dos atos sexuais praticados, foi realizada a perícia que confirmou a ocorrência do ato também. Com base em tudo isso, foi feito o pedido de prisão e de busca e apreensão”, explicou a delegada Livia Pini.

O suspeito foi detido na residência e celulares e computadores que teriam sido usados por filmar e disseminar os vídeos de abuso sexual foram apreendidos e irão passar por uma perícia.

Pai nega as acusações

Antes de ser preso, o pai da vítima declarou à equipe da RICTV Record PR que não cometeu nenhum crime. “Não mexo com isso”, declarou. Ele foi preso pelos crimes de estupro de vulnerável, produção de material pornográfico contendo cenas com crianças e adolescentes e disponibilização dessas gravações.

O caso segue em investigação.

(Informações: Ric Mais)

Comentários