Cai tarifa do pedágio e aumenta a gasolina

Aos poucos e não aos gritos – como tentaram ex-governadores – as concessionárias de rodovias no Paraná vão cedendo, por conta de ações na justiça e pressão da Operação Lava Jato, e reduzindo os valores das tarifas do pedágio a níveis suportáveis aos bolsos dos usuários.

Mas como nada vem de graça para o sofrido povo brasileiro que não consegue entender as políticas de preços do governo federal, vem aí mais um reajuste no preço da gasolina com 0,07% o litro.

A justiça toma de um lado e o governo pega do outro e assim

Em relação ao pedágio, primeiro foi a Rodonorte, que opera o trecho Curitiba a Apucarana, com ramais para Castro, fazendo acordo de leniência acabou baixando 30% os preços em suas várias praças de pedágio.

Agora, já são 11 as praças do Anel de Integração onde os suários de rodovias do Paraná vão pagar pedágio mais barato. A redução será de 25,77% nas cinco praças da Caminhos do Paraná e de 19,02% nas seis praças da Viapar.

Essa redução só foi possível em função do cumprimento, por parte das das concessionárias, de uma decisão liminar do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, em ações civis públicas decorrentes da Operação Integração, que apura irregularidades em serviços e contratos de concessão de rodovias do estado.

Comentários