Bebê de Nova Aurora morre no HU com suspeita de Covid.

Segundo a mãe, o pequeno Samuel faleceu por insuficiência respiratória.

A reportagem da CGN conversou nesta manhã com a mãe do pequeno Samuel Cardoso da Silva, de apenas dois meses, que faleceu no Hospital Universitário do Oeste do Paraná (HUOP).

A família é de Nova Aurora e a mãe disse que na última segunda-feira (18) levou o filho à uma unidade de saúde do município, após problemas de saúde.

Ele foi avaliado por um médico e liberado, pois o profissional teria informado para a mulher que o bebê estava bem, e que não poderia medicá-lo.

Contudo, na terça-feira (19) Samuel começou a passar mal novamente e teve vômito.

“Na terça era outro médico, ele avaliou melhor e disse que eram sintomas de pneumonia”, disse a mãe.

Ainda na noite de terça-feira, Samuel foi transferido à Cascavel, onde deu entrada no Hospital Universitário.

“Como ele estava com insuficiência respiratória, o internaram na UTI da Ala Covid-19”, contou a genitora.

Infelizmente o bebê teve duas paradas cardiorrespiratórias durante a madrugada de quarta-feira (20), não resistiu e faleceu.

Segundo a mãe, muitas pessoas estão fazendo comentários maldosos, dizendo que o menino faleceu por coronavírus, mas ela disse que a causa da morte atestada em laudo apontou insuficiência respiratória.

O HU fez a coleta do exames, que foram entregues ao Laboratório Central do Paraná (Lacen), que deve confirmar ou descartar a doença.

Por ter passado pela Ala Covid-19, o pequeno Samuel foi velado em caixão lacrado em ato que durou apenas quatro horas.

“Todo mundo está mal, a casa fica vazia. Infelizmente ele deixou a irmã, que tem dois anos de idade e pede por ele a toda hora”, finaliza a mãe.

Samuel completaria três meses no dia 01 de junho.

Comentários